terça, 26 de abril de 2022 - 16:37h - 4115
Mobilidade Urbana: Waldez inspeciona obras nas rodovias Norte-Sul e Viaduto da integração
Mesmo no inverno amazônico, com frequentes chuvas, Governo mantém a continuidade dos trabalhos, de acordo com o planejamento.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: Marcelo Loureiro
o viaduto está em fase de construção da estrutura metálica e vigas de apoio conhecidas como transversinas.

O governador, Waldez Góes, inspecionou, nesta terça-feira, 26, as obras de mobilidade urbana nas rodovias Norte-Sul e Duca Serra e do Viaduto da Integração, estrutura que está sendo erguida para interligar a Região Metropolitana de Macapá. Acompanharam a inspeção o senador Davi Alcolumbre, o prefeito de Santana, Bala Rocha, e o secretário de Estado de transportes, Benedito Conceição.

LEIA MAIS: Waldez Góes apresenta obra do viaduto que vai interligar as rodovias Duca Serra e Norte-Sul

Mesmo no inverno amazônico, com frequentes chuvas, os trabalhos seguem, de acordo com o planejamento. O viaduto já conta com 100% da base de fundação finalizada, com a instalação de estacas de metal e construção dos 12 pilares já concretados.

Na atual fase, o elevado está recebendo suportes para as vigas de apoio, conhecida como transversinas, e estrutura metálica que ao todo receberá 70 toneladas desse material, que servirá para construir o escoramento e receber as vigas principais que sustentarão as lajes do viaduto. Cerca de 50% dessa estrutura já foi finalizada.

Durante a inspeção, Góes destacou que um fluxo de, aproximadamente, 90 mil veículos percorrem diariamente a Duca Serra, o que a torna a rodovia da integração da Região Metropolitana. Já o viaduto  é considerado a maior obra de mobilidade urbana do Amapá.

“A obra está em andamento há pouco mais de cinco meses e podemos ver que todo o calendário está sendo executado. Temos o compromisso, enquanto governo, de entregar para a população até o final do ano. Neste momento, o Amapá tem mais oportunidades,  mobilidade urbana, segurança no trânsito, integração, desenvolvimento econômico, e geração de emprego em uma dimensão veloz”, complementou Waldez.

Davi Alcolumbre frisou que os trabalhos são parte de um esforço coletivo entre Governo e bancada federal, que juntos destinaram investimentos de mais de R$100 milhões.

“Além de abrigar todo o fluxo de trânsito, a obra é um grande avanço para o desenvolvimento do Amapá. Já contamos com a geração de mais de 150 empregos diretos e indiretos. É muito importante a gente acompanhar todo o processo e cronograma de execução dessa infraestrutura”, declarou o senador.

Viaduto da integração

Ainda neste mês, a obra passou por algumas intervenções auxiliares, como a construção de um bueiro que fará o escoamento da água acumulada pela chuva no local. 

À medida em que a obra for avançando, haverá a necessidade de interdição no trecho da rodovia Duca Serra, que fica no perímetro da Faculdade Ceap. E, para dar acesso à instituição e ao entorno do local, o Governo do Amapá está construindo uma rota alternativa que passará por dentro do bairro Alvorada.

A proposta é desafogar o fluxo intenso de trânsito, já que o desvio que passa em frente à Toca da Onça, terá duas pistas e se tornará o principal acesso para Macapá/Santana/Macapá. Na rota alternativa, já estão sendo realizados serviços de limpeza, drenagem e terraplenagem para que seja feita a pavimentação asfáltica desse novo trecho.

A estrutura elevada terá, ao fim da obra, quatro pistas de rolamento e outras vias de acesso à região metropolitana, com capacidade de comportar diariamente mais de 100 mil veículos.

Obra na Rodovia Norte-Sul


A obra de construção da Rodovia Norte-Sul está em andamento, com as etapas de limpeza, alargamento da via, drenagem e construção de galerias, no primeiro trecho cerca está sendo feita a retirada de terra mole, já no segundo 90% das galerias já foram instaladas.

O projeto prevê a urbanização de sete quilômetros de extensão, com iluminação, ciclovia, passeio público e pista de cooper. Além do viaduto de ligação com a Duca Serra, um outro elevado será erguido no eixo de ligação da Norte-Sul. A obra está orçada em R$93,3 milhões, dos quais R$22 milhões foram articulados pelo senador Davi Alcolumbre junto à bancada federal do Amapá.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá