terça, 26 de abril de 2022 - 21:28h - 3880
Assistência humanitária: Governo do Estado garante segurança alimentar e amplia acesso a programas sociais no Jari
Desde março, equipes do Estado monitoram pontos de alagamento, levam alimentos e cadastram famílias afetadas para o programa Renda Para Viver Melhor.
Por: Claudio Morais
Foto: Criles Monteiro e Wilander Sousa
Rio Jari atingiu a maior marca do ano em Laranjal do Jari, de 3,01 metros, nesta terça-feira, 26.

O Governo do Amapá garante acesso a direitos fundamentais à população dos municípios de Laranjal do Jari e de Vitória do Jari, ambos atingidos pelas cheias do rio que banha as duas cidades.

Nesta terça-feira, 26, o rio Jari atingiu o maior nível do ano em Laranjal do Jari - 3,01 metros, afetando 16.152 pessoas no município e outras 8.340 na cidade de Vitória.

As equipes da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims) já iniciaram a distribuição do terceiro lote de cestas de alimentos e água potável para Laranjal e o segundo lote para Vitória. Ao todo, o Executivo estadual já assegurou mais de 6,5 mil cestas de alimentos, 7 mil fardos de água, além de kits de medicamentos.

"O Governo do Estado destacou equipes para esses municípios ainda em março, com os primeiros pontos de alagamentos já monitorados, e seguimos garantindo direitos e assegurando recursos a essas famílias, com o importante apoio dos militares da Defesa Civil do Estado, em conjunto com as equipes das prefeituras municipais", frisou Lena Duarte, secretária-adjunta de Políticas de Assistência Social da Sims.



São pessoas como a Zumira Oliveira, moradora de Vitória do Jari, que tem na assistência do Estado o principal apoio em momentos de anormalidade e emergência, como durante as enchentes.

"Eu moro no bairro Santa Clara, e fazia tempo que não vinha uma 'água grande' [enchente] como essa. São quatro pessoas que moram lá em casa comigo e essa ajuda do Governo veio em boa hora", agradeceu a moradora.

Renda Para Viver Melhor

A secretária-adjunta da Sims explicou, ainda, que as equipes vão a campo, visitando casa por casa, realizando o cadastro tanto para acesso às cestas de alimentos e água potável, quanto para cadastro no programa Renda Para Viver Melhor, que garante recursos para famílias em situação de vulnerabilidade.




O Renda é uma importante ferramenta de Política Pública do Estado, que auxilia na superação da pobreza, assegurando a renda mínima no valor de R $311,00 reais e garantia do 13º pagamento em dezembro, para levar mais dignidade às famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade social.

O benefício tem caráter temporário de 2 anos, prorrogáveis mediante cadastro atualizado e parecer social favorável, não gerando direito adquirido ao beneficiado. O benefício não pode ser concedido cumulativamente com: Benefício do Programa Federal do Bolsa Família; Benefício de Prestação Continuada (BPC); Benefício de Auxílio Reclusão concedido pelo INSS e outros benefícios da Seguridade Social.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá