sexta, 24 de setembro de 2021 - 18:25h - 1405
'Este projeto mudou a minha vida', diz jovem participante do Nocauteando as Drogas e Finalizando a Violência
Em oito anos de existência o projeto, coordenado pela Polícia Militar do Amapá, já atendeu mais de 800 crianças, jovens e adultos, em várias modalidades esportivas.
Por: Weverton Façanha
Foto: Albenir Souza
O trabalho já apresenta resultados importantes para participantes e também para a sociedade.

Através do Programa Estado Forte, Povo Seguro o Governo do Estado desenvolve projetos sociais coordenados pela Polícia Militar do Amapá (PM/AP) em vários municípios. As atividades estão dentro da ação integrada de segurança determinada pelo governador Waldez Góes para o enfrentamento à violência e repressão às organizações criminosas.

Os batalhões, companhias e destacamentos da PM/AP desenvolvem uma série de projetos envolvendo crianças e jovens. Uma dessas propostas é o "Nocauteando as Drogas e Finalizando a Violência", coordenado pelo 2º Batalhão da PM, na zona norte de Macapá. O capitão PM Wanderson Panjota, o “Panda”, é o responsável pela execução do projeto.

O trabalho já apresenta resultados importantes para participantes e também para a sociedade.

Um exemplo de superação e muita dedicação aos treinos é o da jovem Faelly Picanço, 19, que faz parte do projeto há cerca de 6 anos e atualmente assinou contrato profissional com a Invicta Fighting Championship (Invicta FC), organização americana de MMA.

“O jovem da periferia é muito vulnerável e esse projeto social é uma oportunidade para nos tornarmos cidadãos de bem e como consequência do esforço, ser um atleta profissional. Quando cheguei nunca imaginei me profissionalizar no MMA, ou seja, o projeto mudou minha vida”, destacou.

Outro exemplo é o Matheus Vasconcelos, 15 anos, que está no projeto e observa a importância de estar participando das atividades e desta forma fica longe da vulnerabilidade.

“O projeto tira muitas crianças da rua, ajuda muito no estudo e tira muitos jovens do meio de pessoas que incentivam a gente ir para o caminho errado. Eu mesmo tive muitos amigos que já morreram, outros foram presos e eu felizmente tive a ajuda do projeto e fiquei longe de tudo isso”, contou.

O Nocauteando as Drogas e Finalizando a Violência iniciou suas atividades em 2013. A iniciativa busca dar oportunidade às crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. Atualmente, o projeto atende cerca de 100 atletas, mas nestes 8 anos de existência já atendeu mais de 800 crianças, jovens e adultos, nas modalidades de luta olímpica, muay thai, MMA e jiu-jítsu.

O coordenador do programa, capitão PM Wanderson Pantoja, destaca que o foco é ajudar e orientar as crianças e os jovens a ter uma vida melhor, auxiliar nos estudos e afastá-los da criminalidade.

“Queremos que os nossos alunos sigam o caminho do bem e, para isso, ensinamos e orientamos sobre o que é bom para eles. Sempre acompanhamos os boletins da escola e caso aconteça algo fora do comum nós conversamos com os pais e vamos resolvendo”, explicou Pantoja.

 

Conquistas

Faelly Vitória Picanço - Assinou contrato com o Invicta FC (maior evento de MMA feminino do mundo), com sede nos Estados Unidos.

João Batista da Silva Neto - Medalhista de bronze no Pan-Americano de Wrestling no México 2021, convocado para o Mundial da modalidade na Hungria em 2019, campeão brasileiro infantil e U15-2019, campeão dos jogos escolares da juventude 2019.

João Pedro Amorim de Moura- Campeã brasileiro U15 e infantil 2019, medalhista de bronze no Pan-Americano de Wrestling 2021, convocado para o Mundial escolar de Wrestling da Servia 2021.

Irmãos Josimar Júnior e Josimar Filho - Ambos aprovados nos concursos das Polícias Militar do Amapá e Tocantins, IAPEN e IBGE). Entre outros atletas aprovados em vestibulares e estão cursando o nível superior.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá