Logo Amapá
sexta, 04 de março de 2016 - 10:10h - 16694
Programa Cidades Digitais será implantado em cinco municípios
O anúncio foi feito pelo secretário ministerial do programa Inclusão Digital, Américo Tristão Bernardes, durante reunião realizada no Palácio do Setentrião.
Por:
O programa Cidades Digitais, do Ministério das Comunicações, será implantado em cinco cidades do Amapá até o próximo ano. O anúncio foi feito ontem, 3, pelo secretário ministerial do programa Inclusão Digital, Américo Tristão Bernardes, durante reunião realizada no Palácio do Setentrião. O encontro envolveu representantes dos municípios, da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec) e do Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap).

Porto Grande, Mazagão, Laranjal do Jari, Vitória do Jari e Amapá serão os municípios incluídos na segunda fase do programa, que prevê a construção de redes de fibra óptica que interliguem os órgãos públicos, disponibilização de aplicativos para as prefeituras, capacitação de servidores municipais para uso e gestão da rede, além da oferta de pontos de acesso à internet em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques e rodoviárias.

 

Parcerias

A manutenção inicial do programa será feita pelo Ministério das Cidades. Após o período inicial, o Governo do Estado assumirá o projeto em parceria com as prefeituras. “Sabemos das dificuldades orçamentarias dos municípios, por isso seremos parceiros nesse projeto de integração”, destacou o diretor-presidente do Prodap, José Lutiano Costa.

A primeira fase do Cidades Digitais no Amapá, já foi concluída em Serra do Navio. Segundo o secretário Américo Tristão Bernardes, os recursos para a segunda etapa do projeto já foram empenhados e a cidade de Porto Grande está com projeto aprovado.

Bernardes adiantou dizendo que as cidades não contempladas nesse lote poderão se adiantar e tentar garantir recursos para o projeto através de emendas parlamentares. “Os municípios precisam de uma rede pública de alta capacidade, com serviço de qualidade. Isso é fundamental para o desenvolvimento de negócios, implantação de empresas e entrada de provedores de internet”, disse o secretário ministerial.

 

Fibra ótica

Durante a reunião, a direção do Prodap apresentou um projeto do Governo do Estado, que está em andamento, para a construção de uma região metropolitana de fibra ótica. Nesse projeto, destaca-se o anel Macapá–Santana com uma rota que passará por todos os órgãos públicos.

Estiveram também na reunião os representantes da Telecomunicações Brasileiras (Telebras) e da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá