sexta, 18 de março de 2022 - 16:58h - 4031
Dia do artesão: O trabalho de quem faz história com as mãos
Para o povo tucuju, o dia do artesão é celebrado em 19 de março, como forma de homenagear São José, o padroeiro do Amapá e da capital.
Por: Kelly Pantoja .Colaboradores: Claudio Gabriel
Foto: Maksuel Martins
Casa do Artesão, onde encontramos uma diversidade de peças artesanais, réplicas de peças históricas, doces artesanais e comidas típicas da região.

O Amapá é marcado por riquezas culturais, arqueológicas e artesanais espalhadas por todo estado. A maioria dessas raridades ficam expostas na Casa do Artesão, na orla de Macapá, são uma série de composições visuais e materiais que compõe o patrimônio cultural amapaense.

Para o povo tucuju, o dia do artesão é celebrado em 19 de março, como forma de homenagear São José, o padroeiro do Amapá e da capital. A diversidade de produtos artesanais, réplicas de peças históricas, doces e comidas típicas da região, são produzidos por esses profissionais de diferentes localidades do Estado.

Todo amapaense possui uma peça artesanal em casa, seja uma cadeira ou mesa de madeira, colher de pau, pano de prato bordado, produtos feitos a mão por quem é apaixonado pela arte da terra.

“Sou artesã desde criança, foi a maior e melhor herança familiar que meus antepassados me deixaram. Meus pais e avós trabalhavam com peças de barro, e até hoje sigo essa tradição. Me mantenho do meu trabalho, produzo urnas com a identidade Maracá e Cunani, que são importantes registros de uma herança cultural a ser seguida’’, disse a artesã, Ezequiele Moraes.

Ao todo são mais de 500 artesãos em todo Estado do Amapá, a maioria vive exclusivamente com a renda das peças que comercializam. Além de, propagar e fortalecer a cultura, eles movem a economia local, pois o artesanato gera oportunidades de negócio, que torna a atividade de extrema importância para uma grande parcela da população.

 

 

“Tive várias oportunidades de expor a cultura amapaense fora do estado, através do meu trabalho. Já participei de feiras internacionais, tenho orgulho da minha profissão, e espero contribuir ainda mais para o crescimento desse ramo no nosso Estado’’, declarou a artesã, Suely Pantoja.

 

 

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá