quinta, 16 de setembro de 2021 - 22:11h - 16751
Governo orienta municípios sobre redução no intervalo entre as doses da vacina Pfizer
Ministério da Saúde recomenda redução de 12 para 8 semanas no intervalo entre primeira e segunda dose do imunizante.
Por: Nathanael Zahlouth
Foto: Nathan Zahlouth
Ministério da Saúde reduz o intervalo para segunda dose de Pfizer.

O Governo do Amapá está orientando os municípios sobre a redução do intervalo de aplicação entre a primeira e a segunda dose da vacina Pfizer, que passa de 12 para 8 semanas.

A recomendação do novo prazo foi estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS) em informe técnico enviado ao Estado na última quarta-feira, 15, sobre a continuidade da imunização contra covid-19.

A Unidade de Imunobiológicos da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), órgão responsável pelo acompanhamento e distribuição das vacinas, já informou às prefeituras que as doses em estoque já devem obedecer ao novo prazo.

“Os municípios que tiverem nos seus estoques doses para fechar o esquema vacinal que seriam para 12 semanas, já poderão fazer a chamada das pessoas que estão com o prazo de 8 semanas para se vacinar”, afirmou a enfermeira chefe da Unidade de Imunobiológicos, Andrea Marvão.

A SVS distribuirá uma nova remessa de imunizantes ainda nesta sexta-feira, 17, para 13 municípios. As cidades de Oiapoque, Laranjal e Vitória do Jari, receberão as vacinas por via aérea, no sábado, 18. Ao todo, serão entregues 33.950 doses - destas, 28.950 serão da Pfizer.

Vacinação

O Governo do Amapá já distribuiu 841.434 doses de vacinas contra a covid-19 para os 16 municípios. Destas, foram aplicadas 595.231 doses.

No Amapá, a população vacinável é de 569.316 pessoas. Deste total, até o momento, 75,86% receberam a primeira dose da vacina.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá