sexta, 15 de outubro de 2021 - 20:01h - 2065
Em alusão ao Outubro Rosa, Governo promove Dia “D” com ações de saúde para as mulheres
Ação teve como foco a prevenção do câncer de mama e do câncer do colo de útero.
Por: Karla Santos
Foto: Maksuel Martins
O evento é uma parceria com o Hospital de Amor, Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Cerpis) e com a ONG Parceiros da Vida.

O Governo do Amapá promoveu, nesta sexta-feira, 15, no Museu Sacaca, o Dia “D” da campanha “o outubro é rosa, mas a prevenção é o ano todo”, voltada à conscientização da sociedade sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama e o câncer de colo do útero.

Durante o ciclo de palestras, os facilitadores abordaram o tema saúde mental no período pós-pandemia, com foco no retorno da rotina e sobre a necessidade do autocuidado e redução de danos, e alertaram sobre a importância da retomada das consultas de rotina.

De acordo com o secretário de saúde, Juan Mendes Silva, a pandemia dificultou aproximadamente 35% dos diagnósticos desses tipos de câncer, visto que o hábito de consultas periódicas foi prejudicado.

“O câncer de mama e o câncer de colo do útero representam o 1º e o 3º lugar, respectivamente, nos tipos de câncer mais frequentes entre as mulheres. Precisamos facilitar a retomada dessas mulheres para a rotina de autocuidado”, afirmou Mendes.

Atenção para o corpo e a mente

No segundo momento da programação, foram realizados agendamentos de mamografia, Pccu (exame papanicolau), atendimento psicológico, odontológico, jurídico e nutricional, além de verificação de sinais vitais, teste rápido de IST’s e serviços de massoterapia, acupuntura auricular, quiropraxia e tratamentos estéticos.

A secretária-adjunta de atenção à saúde, Edineth Vendrusculo, revelou que a programação foi planejada para abranger diversos aspectos da saúde física e mental, com foco na qualidade de vida.

“Englobar serviços de saúde física e mental na programação é uma estratégia para alcançar as demandas reprimidas durante a pandemia. Os visitantes do museu vêm para conhecer e encontram os serviços que já estavam precisando, além de saberem um pouco mais sobre prevenção”, disse a secretária.

Para realizar o evento, a Secretaria de Estado da Saúde fechou parceria com o Hospital de Amor, Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Cerpis) e com a ONG Parceiros da Vida.

A professora Rossilda Gama, de 41 anos, ficou sabendo da programação através da mídia televisiva e procurou os atendimentos oferecidos no Museu Sacaca. Rossilda agendou mamografia, PCCU e realizou limpeza facial e reconheceu a importância da programação.

“São ações que podem difundir a ideia de prevenção. Espero que tenha sido um alerta para várias pessoas que estão por aqui hoje”, completou a professora.

A autônoma Eliete Aalbarato, de 46 anos, estava há tempos procurando alguns dos serviços disponibilizados na programação do Dia “D”. Ela aproveitou a oportunidade para fazer teste rápido de IST’s, acupuntura auricular e spa de pés e mãos, além de marcar exame de mamografia.

“É indispensável procurar atendimento médico em casos de suspeita de câncer. A ação de hoje com certeza supriu a necessidade de muita gente. Só tenho a agradecer pelos serviços realizados com excelência que eu pude aproveitar hoje”, declarou.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá