Logo Amapá
quinta, 04 de maio de 2023 - 17:00h - 3674
Cursos resgatam autoestima de acolhidas no Centro de Atendimento à Mulher e a Família
A Secretaria Estadual de Políticas para Mulheres investe em qualificação profissional do público feminino.
Por: Alice Palmerim
Foto: Alice Palmerim/SEPM
Acolhidas participaram do curso de artesanato do Camuf

Como forma de contribuir no resgate da autoestima e para acelerar o fim do ciclo da violência doméstica a que muitas vítimas são submetidas, a Secretaria Estadual de Políticas para Mulheres (SEPM) investe em qualificação profissional para as acolhidas.

Ao todo, 15 mulheres atendidas no Centro de Atendimento à Mulher e a Família (Camuf) participaram do curso de artesanato que passa a ser também uma laboterapia, ajudando as acolhidas a saírem de crises psicológicas e se ocuparem com uma atividade prazerosa.

O curso está ajudando a acolhida, Nazia (nome fictício), de 58 anos, que é moradora do bairro Universidade, a enfrentar um problema com o filha. Ela conta que sempre quis conhecer os serviços da Secretaria das Mulheres.

"Eu sempre passava pela frente da secretaria e um dia resolvi entrar e perguntar. Aí fui encaminhada para assistente social, em seguida, para a fisioterapia e psicóloga. Agora tive a oportunidade de fazer este curso. Estou muito satisfeita, porque me sentia sozinha e precisava de apoio", conta.

As capacitações impactam positivamente na vida das acolhidas, que além de passarem por treinamento, elas ainda recebem alimentação que é oferecida através do Programa de Aquisição de Alimentos, do Governo Federal, adquiridos da agricultura familiar.

Segundo a secretária das Mulheres, Adrianna Ramos, investir em conhecimento para que mais mulheres busquem a independência emocional e financeira é um dos pilares do resgate da autoestima.

"Proporcionar independência financeira às mulheres amapaenses vítimas ou nao de violência é um dos nossos compromissos. Através da nossa equipe e de parcerias já firmadas, oferecemos mais este serviço às mulheres que nos procuram. Nossa meta é ampliar as opções de qualificação para oferecer profissões com condições reais de ingresso no mercado de trabalho', destacou Adrianna.

Ainda no primeiro semestre do ano, a SEPM planeja a oferta do curso de assistente administrativo em parceria com o Serviços Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que deve beneficiar mais 25 mulheres acolhidas.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá